sexta-feira, 1 de março de 2013


ENEM - SIMULADO

Olá! Esta página foi elaborada para testar seus conhecimentos através do modelo de questões do ENEM. 
Dicas importantes para realizar uma boa prova! Efetue uma leitura cuidadosa das informações contidas, nos mapas, textos, tabelas e imagens que compõem os enunciados das questões, além de estar atualizado com as notícias veiculadas nos meios de comunicação.
Neste sentido,aqui criei uma pequena ajuda. As palavras chaves da pergunta estão em negrito. (lembre-se que esta ajuda você não terá no ENEM, portanto sua atenção na leitura é fundamental),
No final encontram-se as respostas das questões.

BOA SORTE!!


QUESTÕES REFERENTES AO PERÍODO HISTÓRICO - IDADE MODERNA -


1- Os intelectuais ligados ao movimento Renascentista tomaram como ideal cultural o homem da Antiguidade Clássica, sobre este movimento, podemos afirmar:

a) Lançou as bases paro o criticismo, o modo experimental tomando a natureza como parâmetro de todo o processo investigatório.
b) A Igreja contribuiu para o avanço das novas interpretações científicas, interessada em confirmar suas teses religiosas, elaboradas no final do período medieval.
c) Os ideais racionais pouco consideravam as questões da fé, daí o embate com vários papas da época, visto como elemento de retrocesso e incapaz de gerar conhecimento.
d) O fato do movimento limitar-se ao território italiano deveu-se ao reduzido desenvolvimento comercial no restante da Europa.
e) O grande limite do movimento foi a oposição ideológica da aristocracia feudal, interessada em reafirmar os seus privilégios.


2- As Grandes Navegações e os descobrimentos marítimos, no alvorecer da Era Moderna, marcaram, em Portugal e nas áreas recém descobertas, grandes transformações, devido:

a) empresa marítima portuguesa estabeleceu os primeiros contatos comerciais com as fontes produtoras das chamadas especiarias, situadas na África e Ásia;
b) grande comércio europeu implicou no estabelecimento de impérios ultramarinos com ampla autonomia, correspondendo à formação de uma economia dinâmica voltada para as áreas coloniais;
c) interesse em subjugar as novas áreas coloniais deu origem a uma política econômica de Estado, no Reino e nas colônias, com a divisão de poderes entre o rei e as Assembléias de Estado;
d) mudança do eixo econômico do Mediterrâneo para o Atlântico determinou a descentralização do Estado Moderno em Portugal, enfraquecendo o Absolutismo;
e) necessidade de dominar as rotas estratégicas de navegação inviabilizou a manutenção do sistema de monopólios nas colônias, liberalizando o comércio.


3-As primeiras revoluções burguesas tiveram lugar na Inglaterra, no século XVII, com a Revolução Puritana (1649/ 1658) e a Revolução Gloriosa (1688), expressando um confronto entre o Parlamento, sob a liderança da burguesia e da gentry, e os monarcas da Dinastia Stuart com práticas absolutistas. Uma das consequências geradas por esses dois movimentos revolucionários burgueses é:

a) o fortalecimento da nobreza inglesa através da criação do sistema parlamentarista com a Revolução Gloriosa de 1688;
b) a total falência do sistema econômico inglês em função do favorecimento do Estado inglês ao sistema manufatureiro da burguesia local;
c) o retorno da Igreja Católica como religião oficial dos ingleses em função da aliança entre a burguesia e os Estados Pontificiais na Revolução Puritana;
d) o controle da política inglesa pela Câmara dos Lordes, representando a vitória da nobreza local durante a Revolução Gloriosa;
e) a consolidação da Inglaterra como potência econômica após o fortalecimento da burguesia no poder inglês com a Revolução Gloriosa.


4-A respeito do mercantilismo é correto afirmar:

a) Foi uma doutrina desenvolvida exclusivamente na Península Ibérica e sustentava que o desenvolvimento econômico era obtido graças ao comércio e à produção de gêneros agrícolas.
b) Tratou-se de um conjunto de ideias sociais que confrontava os privilégios da nobreza e do clero em defesa dos interesses dos setores mercantis e manufatureiros.
c) Tratou-se de um conjunto de práticas e ideias religiosas desenvolvido nas regiões europeias de penetração protestante e associada, sobretudo, ao calvinismo e ao luteranismo.
d) Foi um conjunto de práticas e ideias econômicas que visava o enriquecimento dos Estados europeus por meio, principalmente, do metalismo, da exploração colonial, de práticas protecionistas e de uma balança comercial favorável.
e) Foi uma doutrina econômica desenvolvida na Inglaterra e que defendia o livre comércio, o fim das barreiras alfandegárias, o desenvolvimento industrial e a abolição das relações escravistas de produção.


5-A Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra no séc XVIII, significou as transformações:

I. ocorridas na Europa Ocidental, nos séculos XVIII e XIX, abrangendo avanços sociais, econômicos e tecnológicos determinantes do triunfo da máquina e da hegemonia da burguesia industrial;

II. ocorridas na Inglaterra, no século XVIII, vinculadas exclusivamente às mudanças nos setores produtivos rurais e nas relações sociais com a manutenção da hegemonia da burguesia comercial aliançada com a aristocracia;

III. econômicas vinculadas à instauração do sistema do livre-mercado e da livre-concorrência, que modificam radicalmente a produção e a circulação, gerando uma sociedade urbano-industrial.

Assinale a opção que contém a(s) resposta(s) correta(s):

a) apenas I     b) apenas II e III       c) apenas I e II      d) apenas III       e) apenas I e III


6- "O nosso século é chamado o Século da filosofia por excelência. Se examinarmos sem prevenção o estado atual dos nossos conhecimentos, não se pode deixar de convir que a filosofia registrou grandes progressos entre nós. (...) Assim, desde os princípios das ciências profundas até os fundamentos da Revelação, desde a metafísica até as questões de gosto, (...) desde as disputas escolásticas dos teólogos até os objetos de comércio, (...) tudo foi discutido, analisado e, no mínimo, agitado." D’Alembert.  (Ernst Cassirer. A Filosofia do Iluminismo. pp 20-21)

As palavras de D’Alembert nos remetem a algumas das características das ideias e concepções do movimento iluminista. Entre elas podemos identificar:

I. A valorização da filosofia como campo de reflexões estritamente direcionadas para a crítica das ciências da natureza.

II. A defesa de uma concepção de história associada ao ideal de progresso e contraposta aos valores da tradição.

III. A secularização de todos os domínios de conhecimento, incluindo-se aqueles relacionados à moral e às relações sociais.

IV. A defesa da razão e da experiência como instrumentos centrais para a produção de todos os conhecimentos e valores pertinentes ao homem e às suas sociedades.

Assinale:
a) se somente as afirmativas I e II estão corretas
b) se somente as afirmativas I e IV estão corretas.
c) se somente as afirmativas II, III e IV estão corretas
d) se somente as afirmativas III e IV estão corretas
e) se todas as afirmativas estão corretas.


7-"São verdades incontestáveis para nós: que todos os homens nascem iguais; que lhes conferiu o Criador certos direitos inalienáveis, entre os quais os de vida, o de liberdade e o de buscar a felicidade; que para assegurar estes direitos se constituíram entre os homens governos cujos poderes justos emanam do consentimento dos governados; que sempre de qualquer forma de governo tenda a destruir estes fins, assiste ao direito de mudá-la ou aboli-la, instituindo um novo governo cujos princípios básicos e organização de poderes obedeçam às normas que lhes pareçam mais próprias para promover a segurança e a felicidade gerais.
(Declaração de Independência dos Estados Unidos. In: Aquino et al., p.128)

Ao processo de independência das Treze Colônias Inglesas da América do Norte ("Revolução Americana") está associado:

I. a união entre a Igreja e o Estado e o início imediato da "Marcha para o Oeste", com base na doutrina do "Destino Manifesto";

II. o fim da escravidão negra e dos "servos sob contrato" em observação ao espírito calvinista de que o homem chega a salvação pelo trabalho;

III. o estabelecimento de uma organização política-administrativa com base no federalismo, através da substituição dos artigos da Confederação, pela elaboração da Constituição de 1787;

IV. a adoção dos princípios do Iluminismo cuja base ideólogica serviu de apoio para justificar os processos emancipacionistas nas Amécicas e contestar o Antigo Regime na Europa;

V. a extinção da primogenitura como princípio hereditário e o início da política do "Big Stick".

Assinale:

a) II e V             b) I e II             c) III e IV           d) IV e V             e) I e III



8- Sobre a sociedade europeia da Era Moderna é correto afirmar:

a) O fluxo de ouro e prata das Américas, na Europa dos séculos XVI e XVII, acabou por produzir um desequilíbrio monetário que beneficiou as economias dos países ibéricos e prejudicou, com alta inflação, as economias da Inglaterra, França e Holanda.

b) Com a Contrarreforma, a Igreja Católica absorveu as críticas dos reformadores protestantes, promoveu uma rigorosa transformação interna e ofereceu acordo para a pacificação entre as várias correntes do cristianismo.

c) A introdução de exércitos regulares, a criação de burocracias permanentes e de sistemas tributários nacionais, a codificação do direito e a organização regulamentada de mercados nacionais unificados constituem a base da centralização efetuada pelas monarquias absolutas.

d) No período conhecido como Renascimento Cultural e Científico houve um esforço generalizado por recuperar a cultura medieval, que até então estava sufocada pela hegemonia da cultura da Antiguidade greco-romana.

e) A expansão do capitalismo na Europa Moderna produziu o Antigo Regime, caracterizado por grande mobilidade social entre as ordens sociais da Aristocracia, Burguesia e Proletariado.





9-A imagem ao lado é uma charge francesa do século XVIII mostrando um camponês carregando em suas costas um padre e um nobre.  Considerando a informação sobre a charge ao lado e seus conhecimentos sobre as características da sociedade européia no Antigo Regime podemos afirmar que:

a) Era desigual e hierarquizada. Alem de não possuir direitos políticos o povo arcava com o peso dos impostos. A posição social do indivíduo era determinada pelo nascimento e era quase nula a possibilidade de mudar de posição social.                                                                 b) Era igualitária e fraterna. A posição social do indivíduo era determinada  de acordo com a riqueza adquirida pelo fruto do trabalho e era muito comum subir de posição social.                                                                           c) Era desigual mas fraterna. Apesar de não possuir direitos políticos era possível ao povo ascender socialmente em virtude da riqueza adquirida com o trabalho.                       d) Era igualitária e hierarquizada. A sociedade era governada por reis absolutistas que adotavam práticas democráticas, dando acesso aos direitos políticos a  todos os cidadãos.                                                                                             e) Era desigual e constituida por castas. adotavam práticas sociais que baseavam na tradição feudal de direitos e obrigações.  


10- No decorrer do período do Diretório na Revolução Francesa ocorreu a Conspiração dos Iguais, um movimento dos sans-culottes, sob a liderança de Graco Babeuf. Tal movimento expôs a mobilização das classes populares num processo de resistência ao governo da Alta Burguesia. Em relação aos fatores que motivaram a citada conspiração é correto concluir que:

a) a fim de conter a onda inflacionária, os girondinos em 1795 retornaram o poder, instituindo uma regulamentação político-econômica para preços e salários: a lei do máximo;

b) ao assumirem o governo do Diretório, os deputados girondinos promoveram a secularização dos bens da Igreja Católica, sem entretanto encaminhar o projeto de reforma agrária assumido como compromisso revolucionário, em 1789;

c) reassumindo o governo em 1795, os girondinos restabeleceram os privilégios aristocráticos, uma vez que, segundo o princípio da defesa da propriedade, os nobres poderiam reaver seus feudos;

d) uma vez no poder, os girondinos agiram no sentido de consolidar o poder burguês, do que resultou o Dezoito de Brumário, golpe que levou Napoleão Bonaparte ao poder e à substituição do Diretório pelo Consulado;

e) o Diretório foi um período caracterizado pelo esforço da alta burguesia para consolidar suas conquistas, ao assumir o governo adotaram uma atitude de indiferença em relação aos problemas econômicos e financeiros que pioravam a qualidade de vida da população pobre.



CONFIRA AS RESPOSTAS:
1-A,2-A,3-E,4-D,5-E,6-C,7-C,8-C,9-A,10-E

MAIS QUESTÕES DO ENEM CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário